domingo, 18 de agosto de 2013

DONA JITIRANA

A Dona Jitirana, como costuma ser chamada, é uma idosa Jitiranabóia que mora num tronco velho de Jacarandá e mãe adotiva da pequena borboleta Atíria. É uma mãe superprotetora e tem em Atíria sua melhor companhia e sua maior alegria. Apesar de ter uma aparência muito estranha - corpo grande e desajeitado, uma cabeça enorme e inchada parecendo o rosto de um crocodilo, e um narigão semelhante a tromba - é muito amigável e respeitada, uma das melhores criaturas que se podia imaginar.

A Jitiranabóia (Fulgora lanternaria) é um animal real (na realidade é uma espécie de cigarra) que também é conhecida como Jequitiranabóia e cobra-voadora. Tanto o nome em português quanto o nome indígena desse animal faz alusão a sua cabeça parecida com a de um réptil, e justamente por isso, há quem pense que o animal é venenoso, quando na verdade é inofensivo. Ela mede 7 centímetros e pertence a família dos fulgorídeos, que são animais com cabeças "extravagantes" e que habitam diversas regiões do globo, inclusive a Tailândia.


3 comentários:

  1. Conheci a jitiranabóia no sul da Bahia. Á noite ela costumava entrar pelas janelas das casas e voar em volta das luzes. Tinha muito medo pois diziam que ela era uma cobra de asas e venenosa.
    Parabéns.

    ResponderExcluir
  2. Eu descobri a Jequitiranaboia no meu livro de inglês... como Peanut-Head Leaf Bug

    ResponderExcluir